quinta-feira, 28 de julho de 2011

Mossoró recebe consultoria como cidade indutora para o Turismo

O Instituto Marca Brasil realiza durante dois dias, a segunda etapa de consultoria técnica em gestão e planejamento de destinos turísticos, como parte do processo de escolha de Mossoró como Município indutor de turismo. O encontro foi aberto na manhã desta terça-feira (26) no Hotel Villa Oeste, e termina nesta quarta-feira (27).
A capacitação é ministrada pela consultora do IBM, Sabrina Gomes Dias, e tem a participação de agentes públicos, como Prefeitura e Sebrae,Associação do Artesanato Mossoronse e representantes do trade turístico e de entidades civis diretamente envolvidas com a atividade turística. Ao todo, serão realizados cinco módulos em gestão e planejamento para o turismo.
Os gerentes do Turismo, Silvio Mendes, e da Gestão Ambiental, Mairton França, representam a Prefeitura nesse encontro. O debate oportuniza discussão sobre as potencialidades turísticas de Mossoró e correção de deficiências eventualmente diagnósticas, como forma de implementação de políticas públicas para o crescimento do turismo.
Pólo indutor - Mossoró foi incluída pelo Ministério do Turismo entre os novos 50 destinos indutores que foram pesquisados em todo o Brasil em 2010. A classificação de Mossoró se deu através de um minucioso trabalho de pesquisa realizado pela Fundação Getúlio Vargas e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE).
O próprio Ministério do Turismo também participou dessa pesquisa. O gerente do Turismo, Silvio Mendes, lembra que a média geral de Mossoró foi 52,5. A escala vai de 0 a 100, citou. Segundo ele, o resultado está acima da média das cidades não-capitais (48,4%) e empatada tecnicamente com a média das capitais (54).
O gerente Silvio Mendes lembra que em áreas específicas, o desempenho de Mossoró foi excepcional. E expôs: Em outros nós precisamos melhorar. Daí a importância desse encontro que estamos realizando agora, com o apoio do Instituto Marca Brasil, que nos dará mais subsídios para avançarmos com ações para o turismo.
Como município indutor para o turismo, Mossoró abrirá as portas para receber investimentos direcionados ao fortalecimento dessa atividade econômica. Sem dúvida a inclusão de Mossoró entre os destinos indutores vai abrir muitas portas para nos consolidar como uma cidade turística, entende Silvio Mendes.

domingo, 3 de julho de 2011

CAFÉ E ARTESANATO

Agora em Mossoró,o Café e Artesanato, um local aconchegante que além de ter vários tipos de cafés,também comercializa o melhor do Artesanto Mossoroense.Não deixe de apreciar um bom café,recomendo o com creme de avelã.uma delicia!parabens ao empresário Heuber Filgueira, idealizador desta maravilhosa idéia de juntar o sabor do café com o comércio de artesanato.Em Mossoró a única loja do gênero,fica na praça da convivência  loja 10 bloco "B".Não deixe de visitar,vale a pena!.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE COMÉRCIO JUSTO SOLIDÁRIO

Hotel Costa Atlântico, na praia de Upanema, sedia evento internacional

Iniciado ontem, 9, hoje será o ponto alto do Seminário Internacional Sobre o Comércio Justo e Solidário, em Areia Branca. Com o apoio do município, o evento acontece no Hotel Costa Atlântico, na praia de Upanema.
Ontem, primeiro dia do evento, foram realizadas atividades de campo para conhecer experiências com a produção orgânica/agroecológica, organização social com foco na apicultura e castanha de caju.A Associação do Artesanato Mossoroense,estará presente á este evento expondo o artesanato produzido por seus associados.
Foram debatidas as questões relacionadas ao comércio de mel de abelha no exterior, trazendo grandes benefícios para os produtores envolvidos.
No encontro estão presentes representantes de 35 países. Hoje, segundo dia do seminário, será destinado aos debates com foco no comércio justo do mel no cenário mundial.
A Prefeitura de Areia Branca participa do evento neste segundo dia, quando acontece uma programação com mostra de artesanato, atos culturais e música ao vivo, entre outros eventos.

Fonte: Luciano Oliveira

sábado, 7 de maio de 2011

Gestão & Planejamento de Destinos Turísticos

Mossoró capacita seu trade em gestão e planejamento  
Após ser reconhecido pelo Ministério do Turismo como município indutor do turismo, Mossoró decidiu capacitar seu trade turístico em um projeto que envolve estudos em gestão e planejamento do turismo.

As atividades acontecerão no Salão de Eventos do Hotel Villa Oeste, hoje e amanhã. Na segunda-feira (25), as atividades vão acontecer pela manhã e à tarde, das 8h30 às 18h, com intervalo para o almoço. Na terça-feira (26), a capacitação será em turno único, das 8h30 às 13h.

A capacitação integra o Projeto de Gestão & Planejamento de Destinos Turísticos, baseado no Índice de Competitividade desenvolvido pelo Ministério do Turismo, Sebrae e Fundação Getúlio Vargas (FGV). 

O Módulo I focará o tema "Competetividade do Destino - Posicionamento e Formação do Grupo Gestor". Além de treinar os empresários para a gestão em turismo, o gerente de Turismo de Mossoró, Silvio Mendes, diz que a capacitação visa ampliar os conhecimentos sobre planejamento estratégico e fortalecer a governança dos destinos na interrelação com suas regiões turísticas.

terça-feira, 26 de abril de 2011

A Prefeitura Municipal de Mossoró, através da Gerência do Turismo, Indústria e Comércio em articulação com a Secretaria Estadual do Turismo e apoio do Ministério do Turismo, realiza amanhã e terça-feira, dias 25 e 26, capacitação para o trade turístico. As atividades acontecerão no Salão de Eventos do Hotel Villa Oeste.
Na segunda-feira (25), as atividades vaão acontecer pela manhã e à tarde, das 8h30 às 18h, com intervalo para o almoço. Na terça-feira (26), a capacitação será em turno único, das 8h30 às 13h.
A capacitação integra o Projeto de Gestão & Planejamento de Destinos Turísticos, baseado no Índice de Competitividade desenvolvido pelo Ministério do Turismo, Sebrae e Fundação Getúlio Vargas (FGV). O gerente do Turismo, Silvio Mendes, explica que o  objetivo projeto é capacitar o trade  em gestão e planejamento do turismo.
A referida capacitação, em seu módulo I, focará o tema “Competetividade do Destino – Posicionamento e Formação do Grupo Gestor”. Além de treinar os empresários para a gestão em turismo, Silvio Mendes acrescenta que a capacitação visa ampliar os conhecimentos sobre planejamento estratégico e fortalecer a governança dos destinos na interrelação com suas regiões turísticas.
Destino - A capacitação do trade ganha maior importância na medida em que Mossoró foi reconhecido pelo Ministério do Turismo, a partir de estudos da Fundação Getúlio Vargas, como Município indutor do  turismo. E o trade precisa estar preparado para acompanhar o crescimento do turismo em Mossoró e região.

domingo, 20 de fevereiro de 2011

FRANCISCA FERNANDES,ARTESÃ MOSSOROENSE GANHA PRÊMIO INTERNACIONAL.




Mossoró-RN, domingo 13 de fevereiro de 2011
http://www2.uol.com.br/omossoroense/mudanca/pics/topos/universobarra.gif
TALENTO E CRIATIVIDADE LEVAM ARTESÃ MOSSOROENSE DA POBREZA AO SUCESSO PROFISSIONAL
Larissa Newton
A raiva e humilhação que Francisca Fernandes sentiu quando pediu um real ao marido e ouviu um não como resposta teve um efeito transformador na vida dela. O fato aconteceu há cerca de dez anos. Hoje, Francisca é uma das mais talentosas artesãs do Rio Grande do Norte, e figura entre as melhores do Brasil. Da última Feira Internacional de Artesanato, em Natal, ela trouxe o troféu de segunda colocada, superando artesãs de todo o Brasil. Também voltou para Mossoró lotada de novos pedidos e encomendas. Sobre a mesa na casa dela, as figurinhas perfeitas e ricas em detalhes de cangaceiros e marias bonitas formam pequenos exércitos. Esta leva é a primeira encomenda para lojas de souvenires em Mossoró e Natal.
É na cozinha da sua casinha simples, mas muito colorida e aconchegante, no bairro Santo Antônio, que funciona o ateliê de criação e confecção das figuras feitas de uma espécie de biscuit. Por mês, a produção varia de mil a duas mil peças, dependendo da complexidade do modelo e do tamanho encomendado. A receita da massa de modelar à base de goma de tapioca é um segredo muito bem guardado por Francisca. Ela conta que levou cinco anos  desenvolvendo a massa, que é de qualidade superior à do biscuit tradicional, e foi premiada como a melhor do RN. A criação desta massa plástica também tem como pano de fundo a pobreza da família. "Eu não tinha dinheiro para comprar amido de milho, glicerina, creme hidratante e tudo mais que é necessário para fazer o biscuit tradicional," revelou. "Tive uma vida muito dura, de muitas privações e sofrimento". Dos seis filhos que teve, apenas Andréia aprendeu a arte da mãe e ajuda na produção.
Francisca contava 48 anos quando deu início à extraordinária mudança na sua vida.  Além de criar a fórmula para massa de modelar, com o tempo revelou-se uma artista plástica incrivelmente talentosa. Uma das suas especialidades é reproduzir, a partir de fotografias, o rosto de qualquer pessoa, criando pequenas esculturas coloridas e realistas de corpo inteiro. E as encomendas não param. "É propaganda boca a boca," diverte-se. A descoberta deste dom aconteceu há cerca de três anos. Em menos de cinco minutos seus dedos ágeis manipulando ferramentas finas, idealizadas por ela mesma, dão forma a boca, dentes, nariz, bochechas, olhos e sobrancelhas. Tudo perfeito, igual a foto. Na estante da sala é possível reconhecer diversas personalidades nacionais, estrangeiras e locais. Perguntei se ela alguma vez fez escultura para dar de presente aos famosos? "Mas claro que não!" responde rapidamente, "ninguém nunca me deu nada de presente, por que eu faria isso?".  
Hoje, com quase 60 anos, não   aparenta a idade que tem. Rindo, gosta de mostrar uma fotografia de quando tinha menos de 50. A imagem mostra uma mulher amarga e sofrida, muito mais velha que a pessoa que vemos agora. Francisca se reinventou e remoçou. Ela revela que uma grande ajuda veio do Sebrae e também da Associação do Artesanato Mossoroense(AMO). "Hoje sou uma empreendedora individual. Foi através do Sebrae que passamos a trabalhar com mais qualidade os produtos que fazemos e aprendemos a entender o que o mercado quer. Para se sobressair é preciso ter mais que talento e criatividade, é preciso ter qualificação", afirmou.
A independência financeira, o reconhecimento e a valorização do trabalho que realiza fizeram de Francisca uma pessoa requisitada para palestras motivacionais. A maior plateia que a ouviu foi no Rio de Janeiro, quando falou para 300 pessoas sobre a história da sua vida. "Agradeço a Deus pelos obstáculos que surgiram na minha vida. A todas as pessoas que bateram a porta na minha cara, que me rejeitaram quando pedi ajuda, também agradeço. Foi por isso que cresci, me desenvolvi e cheguei onde estou. Se meu marido me tivesse dado aquele real naquele dia, com certeza até hoje eu estaria pedindo um real a ele todos os dias", comentou.
O sonho de Francisca é mudar de casa. "Aqui está ficando muito apertado. É  ruim as pessoas acharem este endereço. Quero mudar para uma casa mais central, mais acessível, onde seja mais fácil visitar o ateliê", explicou. Mas o talento de Francisca em breve vai ultrapassar fronteiras. Ela contou que o Sebrae pretende levá-la a Xangai, na China, ainda este ano. "Eles também querem que eu participe de um cruzeiro, onde poderei vender as peças para os turistas no navio e produzir na hora as esculturinhas personalizadas", contou. "Eles querem mostrar o meu trabalho para o mundo inteiro".

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

ASSOCIAÇÃO DO ARTESANATO MOSSOROENSE É EMPOSSADA NO CONSELHO DE TURÍSMO


Heuber Filgueira (Diretor Presidente da AMO)

A prefeita Fafá Rosado, em cerimônia realizada no Salão dos Grandes Atos do Palácio da Resistência, empossou os membros do Conselho Municipal de Turismo. O colegiado integra a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico e Gerência Executiva da Indústria, Comércio e Turismo. O evento ocorreu na manhã de ontem.
A posse do Conselho Municipal de Turismo, para a prefeita Fafá Rosado, representa de forma clara que a Prefeitura de Mossoró tem interesse no desenvolvimento do setor, tendo em vista que Mossoró tem atrativos que possibilitam ações capazes de garantir, cada vez mais, a inserção de políticas públicas voltadas ao incremento do setor.
“Estamos no caminho certo. Mossoró possui vários atrativos, principalmente para o turismo de eventos. Temos o Mossoró Cidade Junina como exemplo. Um evento que tem crescido nesses anos e garantido a geração de emprego e renda”, disse a prefeita.
Segundo Fafá, a sua administração tem priorizado o desenvolvimento de ações para o turismo. “Priorizamos o turismo na primeira gestão e agora, neste segundo mandado, estamos continuando as ações eficientes e bem-intencionadas, com uma política de incentivo ao turismo de Mossoró. Prova disso é que ampliamos o número de ações e projetos bem-sucedidos”, comentou.
Ela se referiu ao Mossoró Cidade Junina, bem como ao corredor cultural, ao longo da Avenida Rio Branco, que apresenta programação permanente na Praça de Alimentação e no Memorial da Resistência, atraindo visitantes e abrindo espaços para os artistas apresentarem seus valores.
A prefeita comentou que Mossoró é a porta principal do Polo Costa Branca e, por essa peculiaridade, deve trabalhar questões do turismo como elemento propulsor da economia regional, tendo em vista que a economia formal e informal tende a se fortalecer, ainda mais, se houver ações interligadas envolvendo os municípios que compõem o Polo.
“É natural que Mossoró, por ser a cidade-polo, atraia para si essa responsabilidade. Queremos, juntos com todos os municípios da região, intensificar ações para que tenhamos um turismo forte”, comentou a prefeita, citando que a região tem tudo para se apresentar como opção de lazer e turismo aos visitantes. “Temos as águas termais, o Lajedo de Soledade, as salinas, praias de Areia Branca, Tibau e Grossos, bem como o turismo ecológico em Felipe Guerra, além de vários outros atrativos”, disse.
O gerente executivo da Indústria, Comércio e Turismo, Sílvio Mendes Júnior, corroborou as palavras da prefeita Fafá Rosado e disse que, no que depender da Prefeitura de Mossoró, o anseio de ter um turismo que se apresente forte e que possa garantir a geração de emprego e renda, a região terá o apoio. “É nisso que estamos trabalhamos e é esse o nosso propósito, de que tenhamos um turismo forte e capaz de gerar emprego e renda, surgindo como mais uma ferramenta capaz da transformação social”, disse.
O Conselho Municipal de Turismo é composto por representantes do Poder Executivo, Serviço Brasileiro de Apoio à Pequena e Microempresa do Rio Grande do Norte (Sebrae/RN), Banco do Nordeste, Associação do Artesanato Mossoroense (AMO), Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) e Cooperativa de Turismo (Cooptur).
Os membros para composição do conselho municipal de turismo, nos cargos de conselheiros titulares e suplentes ,respectivamente, cumpriram o mandato para o biênio 2011/2012.
Segundo Sílvio Mendes Júnior, na gestão da prefeita Fafá Rosado foram criados oito conselhos: Conselho Municipal de Entorpecentes, Conselho Municipal do Idoso, Conselho Municipal do Esporte, Conselho Municipal dos direitos difusos, Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Conselho Municipal da Defesa Civil e Conselho Municipal de Cultura.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

ARTESÃOS MOSSOROENSES EXPÕEM NA PRAÇA DA CONVIVÊNCIA

Fran­cis­ca Fer­nan­des era em­pre­ga­da do­més­ti­ca e há cinco anos de­ci­diu mudar de vida e co­me­çou a se de­di­car ao ar­te­sa­na­to. A mu­dan­ça deu tão certo que o seu tra­ba­lho já está sendo re­co­nhe­ci­do na­cio­nal e in­ter­na­cio­nal­men­te. "É um tra­ba­lho que me dá muito pra­zer e que ainda ganho di­nhei­ro. Faço bo­ne­cos de bis­qui de per­so­na­li­da­des e com esse tra­ba­lho já che­guei a ga­nhar al­guns prê­mios, como a Ex­po­bra­sil, no Rio de Ja­nei­ro e na Feira In­ter­na­cio­nal do Ar­te­sa­na­to FIART", re­ve­lou.

Mesmo com todo esse re­co­nhe­ci­men­to, ela e os ou­tros 48 ar­te­sãos, li­ga­dos a As­so­cia­ção do Artesanato Mos­so­roense , AMO, sen­tiam di­fi­cul­da­de na hora de di­vul­gar seus tra­ba­lhos."Contamos sempre com o apoio da iniciativa privada,como o caso do Mossoró West Shopping,temos sempre nosso espaço em seu hall na última semana de cada mês", disse a ar­te­sã.
João Vidal(Sebrae)Vereadora Cláudia Regina,Franciaca Fernandes(Artesã)Heuber Filgueira(Presidente da AMO) Sra.Lurdinha e Silvio Mendes Jr (Secretário de Turísmo do Município)


Esse pro­ble­ma foi re­sol­vi­do par­cial­men­te desde o úl­ti­mo dia 3, quan­do a as­so­cia­ção ad­qui­riu um dos quios­ques da Praça de Ali­men­ta­ção, pos­si­bi­li­tan­do a ca­te­go­ria mais di­vul­ga­ção dos seus tra­ba­lhos.

"Esse era um de­se­jo an­ti­go dos Artesãos.Sem­pre so­nha­mos em expor na Praça da Con­vi­vên­cia e com o au­xí­lio da Secretária de Turísmo do mu­ni­cí­pio con­se­gui­mos essa sala. A ca­te­go­ria está muito ani­ma­da, visto que a Praça de Con­vi­vên­cia tem um fluxo muito in­ten­so de vi­si­tan­tes e dos pró­prios mos­so­roen­ses", in­for­mou o pre­si­den­te da As­so­cia­ção dos Ar­te­sãos de Mos­so­ró, Heuber Fil­guei­ra.
 Heuber Filgueira(Diretor Presidente da AMO)Franciaca Fernandes( Artesã 2° lugar Prêmio Arte Popular 16° FIART 2011 Ivaneto Barbosa (Banco do Brasil).

A no­tí­cia ani­mou os as­so­cia­dos que acre­di­tam no au­men­to das ven­das e do re­co­nhe­ci­men­to da ci­da­de. "O nosso tra­ba­lho já é co­nhe­ci­do em vá­rias ci­da­des e até em es­ta­dos vi­zi­nhos, mas na ci­da­de muita gente ainda não co­nhe­ce. Agora com essa lo­ji­nha na Praça de Con­vi­vên­cia que tem um mo­vi­men­to bas­tan­te gran­de a idéia é que as coi­sas me­lho­rem", es­pe­ra Rosa Maria Fôn­se­ca Dan­tas.

A Exposição da AMO fica lo­ca­li­za­da ao lado da ca­cha­ça­ria, na Praça de Con­vi­vên­cia.

                                            Vereadora Cláudia Regina e Heuber Filgueira

Resultados

O ar­te­sa­na­to do Rio Gran­de do Norte cres­ce a cada dia e se des­ta­ca por onde passa. No ano pas­sa­do, du­ran­te a 11º Feira Na­cio­nal de Ar­te­sa­na­to e Ne­gó­cios (Fe­neart), que acon­te­ceu no Cen­tro de Con­ven­ções de Re­ci­fe, foram ven­di­dos R$ 180 mil em peças de qua­tro mil ar­te­sãos do RN, além de um total de R$ 37 mil em en­co­men­das, su­pe­ran­do os nú­me­ros das úl­ti­mas edi­ções.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

MARIETA LIMA, PRECURSORA DAS ARTES PLÁSTICAS EM MOSSORÓ, COMPLETA CEM ANOS EM 2012

A artista plástica mossoroense Marieta Lima completou no mês passado 99 anos. São quase cem anos, vividos em Mossoró, acompanhando a história da cidade, os acontecimentos sociais, políticos e culturais. Lúcida, ela sofre com as limitações impostas pelo tempo como a visão e audição limitadas.
Marieta é a precursora das artes em Mossoró.  Para o seu tempo, foi uma mulher moderna, interessada em política, arte e poesia e que criou quatro filhos fazendo arte. "Para a época isso era uma coisa incrível," afirmou o artista plástico Careca, que faz questão de ressaltar a dificuldade que isso representa numa cidade como Mossoró. Há pouco mais de 30 anos, Careca era um jovem artista que gostava de frequentar o atelier de Marieta para vê-la pintar. "Só quem era rico tinha dinheiro para pagar as aulas dela. E ter um quadro assinado por Marieta Lima era sinal de status," recorda. Segundo ele, a artista plástica foi muito importante para a cidade e incentivou muita gente. "Pena que a cidade não deu o valor que ela merece," lamenta.
De fato. Entre seus clientes ela se lembra de Simone Negreiros, e do médico Duarte Filho. "Ah, minha filha, nem lembro mais. Vendi todos os quadros, e sustentei casa e família fazendo isso," falou. Bastante solicitada pela alta sociedade, Marieta trabalhava também com arranjos e decoração para festas, a ainda tinha talento para trabalhar como cabeleireira.
Marieta se lembra com orgulho da amizade que tinha com o fotógrafo Manuelito. Na residência dela, várias fotografias nas paredes da sala falam de um passado atropelado pelo crescimento da cidade. Marieta Lima também era engajada politicamente e foi uma das "senadoras" de  Aluísio Alves.
O  seu talento para desenho e pintura começou a ficar conhecido ainda na escola. "Quando estudava no Colégio das Irmãs, os desenhos da minha mãe eram famosos," conta a filha Maria Ivanilda.
Ao longo da sua vida, a artista foi agraciada diversas vezes com medalhas e diplomas de reconhecimento. Mas para o ano que vem, o artista Rogério Dias está preparando uma homenagem especial para Marieta Lima. "Ela completará cem anos, e pela importância que representa para a vida cultural de Mossoró, queremos fazer um evento especial," revelou.