sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Cultura e povo do Rio Grande do Norte






A união dos três grupos étnicos fundadores do povo brasileiro - o negro, o índio, e o português - aliados aos imigrantes holandeses formam a origem do povo norte-rio-grandense.

É possível ver a influência holandesa bastante acentuada principalmente no interior do Estado, enquanto na Capital vemos uma maior concentração de pessoas com origem portuguesa e indígena.

A raça negra influencia mais nitidamente no tocante as tradições. Danças, religião, comidas, celebrações e tradições trazidas da cultura negra estão presentes no dia a dia do Potiguar.

De acordo com o senso de 2000, 53,4 % da população do Rio Grande do Norte é parda; 41% branca; 3,6% negra e 0,7% de amarelos o índios.

A influência da diversidade cultural está presente nos eventos populares e no folclore norte-rio-grandense, que vai de procissões a vaquejadas, e de danças típicas como forró, quadrilhas estilizadas e Bumba-meu-boi.

Contadores de viola, cordelistas, repentistas, emboladores e grupos de dança que recontam a historia do povo potiguar são a presença mais marcante desta cultura, que é uma das mais ricas do nordeste. Estão presentes por toda a cidade, mas é mais fácil encontrá-los em centros culturais como a Capitania das Artes.

Além disso, a cultura do Rio Grande do Norte é marcada pelas festividades tradicionais, principalmente pelas comemorações religiosas e pelos arraiais. O Dia dos Santos Reis, a Festa do Caju, a procissão de barcos de Nossa Senhora dos Navegantes fazem parte das festividades no mês de janeiro; quando chega junho, o clima muda e a paisagem das cidades fica tomada por fogueiras e arraiais juninos em cada bairro.

Competições de quadrilhas e a culinária típica das festividades juninas tomam as cidades de assalto, promovendo os mais animados eventos do ano.

O artesanato do Rio Grande do Norte também é marcante, com sua influência nas culturas dos colonizadores. Materiais como couro, madeira, areias coloridas, barro e pedras semi-preciosas ou não, fazem do artesanato deste Estado um dos mais ricos do Nordeste. Também são muito famosos os delicados trabalhos das Rendeiras: toalhas, mantas, enxovais, todos feitos a mão com bordados, apliques de renda, e labirinto, criados com o cuidado e o carinho de quem aprendeu a arte de bordar e rendar desde a infância.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

sábado, 24 de outubro de 2009



de 26 de Outubro a 02 de Novembro no hall do MOSSORÓ WEST SHOPPING,estaremos fazendo nossa exposição de ARTESANATO.Com uma nova estrutura,2.80 X 5.20 de espaço bi lateral agora faremos a comercialização no meio do hall.Mais um vez,agradecemos aos que fazem o MOSSORÓ WEST SHOPPING pela valorização do ARTESANATO MOSSOROENSE.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

A ERA DO ASSOCIATIVISMO


Somos uma geração que tem enfrentado uma série de mudanças em relação a conceitos, tecnologia, educação, informação, etc. Os objetivos humanos têm se distanciado um do outro a cada dia, numa série de expectativas voltadas a satisfazer as insaciáveis e diferentes necessidades de consumo das camadas sociais. Tais anseios, não estão pura e simplesmente, ligados aos bens materiais, mas também, às prioridades inerentes da própria época em que vivemos, tais como, segurança, saúde, educação e diversão, que são primordiais para todo individuo e, portanto, para toda sociedade. Nenhum homem é uma ilha. Todo ser humano tem necessidades e objetivos individuais e imediatistas, porém, muitos deles são comuns, e é neste raciocínio, que começa o foco deste artigo, voltado para uma reflexão sobre a importância do associativismo para se alcançar alvos comuns. O associativismo consiste basicamente, na união de pessoas em prol das mesmas metas, de forma organizada. Não é assim em nossa família? Na escola? No grupo de amigos? Nas Associações patronais ou de empregados? Você já parou para pensar que no passado era impossível empresas concorrentes convergirem seus interesses? Pois é, está claramente provado que a evolução e o crescimento das pessoas, bem como das empresas está ligado diretamente em visualizar o seu concorrente como um parceiro e não como um inimigo. O associativismo tem fortalecido inclusive a educação, pois é comum encontrar escolas constituídas de forma associativa por pais de alunos, que buscam maior qualidade e controle no ensino. Profissionais da área de saúde, objetivando redução de custos e melhoria na qualidade dos serviços prestados, têm optado pelo associativismo. O mesmo ocorre com a segurança, diversão, cultura, turismo, etc. Finalizando, está evidente que vivemos a era do associativismo, pois estamos aprendendo a cada dia que sozinhos somos presas fáceis e apenas mais um. A união faz a força.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

MUITO OBRIGADO A ERENICE CUNHA (NICINHA)



NICE,MUITO OBRIGADO...
SUA GENTILEZA
SUA DEDICAÇÃO
SUA COMPETÊNCIA
SUA PACIÊNCIA
SUA ORGANIZAÇÃO
NÓS QUE FAZEMOS ESTA ASSOCIAÇÃO,ENTEDEMOS SEUS MOTIVOS E,ESPERAMOS EM BREVE QUE VOCÊ RETORNE ao nosso convívio.UM FORTE ABRAÇO EM NOME DE TODOS OS NOSSOS ASSOCIADOS.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Feira do Artesanato Mundial



A FAM – Feira do Artesanato Mundial é uma feira intinerante que já passou por vários lugares do Brasil e que, no mês de outubro e novembro estará em São José do Rio Preto e em Ribeirão Preto.
Além da exposição e comercialização de artesanato, durante a FAM haverá oficinas gratuitas de artesanato, onde o visitante terá a oportunidade de aprender técnicas, confeccionar sua própria arte e levá-la para casa e, além disso, terá apresentações de danças típicas e desfiles.
São José do Rio Preto:
Período: 30/10 a 08/11 de 2009.
Local: Clube Palestra, na rua General Glicério nº 2500, Centro.
Ribeirão Preto:
Período: 13/11 a 22/11 de 2009.
Local: Novo Espaço – Centro de Eventos, na Avenida Pres. Castelo Branco, nº 2145, Lagoinha.
Maiores informações: http://www.fambrasil.com.br

XVIII NACIONAL DE ARTESANATO




Período: 20/11/2007 a 25/11/2007
Considerada como o maior evento do setor na América Latina, a Feira Nacional de Artesanato em sua 18º edição homenageia a África e o circo.
A feira é realizada pelo Instituto Centro CAPE e Central Mãos de Minas e contará com 8.600 expositores em 1.100 estandes.
Local: Expominas na Av. Amazonas, 6030, Gameleira em Belo Horizonte – MG
Informações: Tânia Machado – fone: 31-32828313 / 31-96378313
E mail: ccape@centrocape.org.br
Site: Feira Nacional de Artesanato

O QUE É ARTESANATO?


O Artesanato é essencialmente o próprio trabalho manual ou produção de um artesão (de artesão + ato). Mas com a mecanização da indústria o artesão é identificado como aquele que produz objetos pertencentes à chamada cultura popular.

Considera-se Artesanato todo trabalho manual, onde mais de 80% da peça foi fruto da transformação da matéria-prima pelo próprio artesão. Além disso esse produto normalmente reflete a relação desse artesão com o meio onde vive e a sua cultura.
Artesanato pode ser com ou sem ajuda de ferramentas e mecanismos caseiros, que as pessoas dão às matérias brutas, sobras e lixo do consumo industrial, visando produzir peças utilitárias, artísticas e recreativas, com ou sem fim comercial.
Na concepção do escritor mexicano Otávio Paz, Prêmio Nobel de Literatura, falar de artesanato é falar mais de pessoas do que de objetos, pois o produto resultante do trabalho artesanal é um produto “com alma”, onde estão presentes o saber, a arte, a criatividade e a habilidade. Concordo plenamente com ele e você?
Conheça também outros conceitos e as características dessa atividade na matéria feita por Mila Viegas, do site Elo7, veja neste link: Artesanato – conceitos e características
Fonte: Portal de Artesanato

terça-feira, 13 de outubro de 2009

EXPOSICÃO NO BRISTOL THERMAS E RESORT











desde o dia 09 de Outubro estamos em exposição na área das psinas neste hotel,ficaremos até o dia 16.Quem visita ou hospeda-se no BRISTOL THERMAS,irá conferir um grande leque de peças artesanais dos ARTESÃOS MOSSOROENSES.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

PADRE AMÉRICO E O ARTESANATO


Faleceu na madrugada deste dia 5 de Outubro o Monsenhor AM
ÉRICO VESPÚCIO SIMONETTI,paróco de Matriz de Santa Luzia.Padre Américo,como era mais conhecido, tinha o maior carinho pelo ARTESANATO MOSSOROENSE.Em Dezembro de 2008,fui convidado pela organização da FESTA DE SANTA LUZIA para participar de um projeto de arte e cultura.Realmente foi incrível a coincidência,eu havia saido da FUNGER,órgão que nos apoiava naquele momento com a pessíma notícia de que não haveria as barraquinhas de ATESANATO,pois ás que existiam,de tanto serem "emprestadas" estavam sucateadas,depois constatei e lamentei.Não havendo tempo hábil para seu conserto.Pois bem,quando fui convidado para ir até a CATEDRAL falar com a comissão da festa,expliquei o caso e, tive uma grande surpresa,não só nos deram uma ótima estrutura,como ouvi do próprio padre AMÉRICO "EU ADORO AQUELA FEIRINHA DE ARTESANATO QUE FICA EM FRENTE A MINHA CASA" e todas as noites ao passar,comprimentava com alegria a todos os ARTESÃOS.
OBRIGADO PADRE AMÉRICO PÊLA PRESTEZA E ATENÇÃO PARA COM ESTA ASSOCIAÇÃO. SOMOS MUITO GRATOS. DESCANSE EM PAZ.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

EXPOSIÇÃO DA "AMO" NO BRISTOL THERMAS HOTEL E RESORT


de 09 a 16 de Outubro,estaremos em mais uma exposição de ARTESANATO,desta vez no BRISTOL THERMAS HOTEL E RESORT.É mais uma parceria desta ASSOCIAÇÃO com a iniciativa privada de Mossoró.Desde já agradecemos ao BRISTOL THERMAS HOTEL ao seu Gerente Geral Regional WASHINGTON SOUZA,como também ao seu Gerente Operacional MARCOS SOUZA pelo gentil convite.

neste mês de Outubro estamos fazendo 1 ano de parceria entre o MOSSORÓ WEST SHOPPING e a ASSOCIAÇÃO DO ARTESANATO MOSSOROENSE



OBRIGADO AO MOSSORÓ WEST SHOPPING POR INSENTIVAR O ARTESANATO MOSSOROENSE.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

126 ANOS DE LIBERDADE



no último dia 30 de Setembro,Mossoró completou 126 anos da libertação do que é considerado a maior vergonha da humanidade,a ESCRAVIDÃO.Mossoró foi pioneira neste ato.NO DIA 30 DE SETEMBRO DE 1883 cinco anos antes da lei AURÉA.E viva a MOSSORÓ, TERRA DA LIBERDADE!